06/10/2020

O Fígado e sua importância em nossa saúde - Parte I

O Fígado é um dos maiores e mais importantes órgãos que temos.

Dentre suas funções, destaca-se:

  • Transformar os alimentos em energia (armazenamento e liberação de glicose, metabolismo dos lipídeos, metabolismo das proteínas, síntese da maioria das proteínas do plasma); 
  • Eliminar as toxinas (processamento de drogas, álcool, cafeína e hormônios, destruição das células sanguíneas desgastadas e bactérias);
  • Ajudar no processo de digestão (emulsificação da gordura durante o processo de digestão através da secreção da bile, etc).

Além das funções citadas, o fígado age também no armazenamento de vitaminas e minerais. Como as vitaminas: A, B12, D, E e K, além de minerais como o ferro e o cobre.

O fígado é um dos órgãos que mais são afetados pela má alimentação, as emoções negativas e os maus hábitos.

A saúde do fígado é refletida em todo organismo, até mesmo em sintomas inimagináveis como no cabelo e na visão, e se está inflamado, pode repercutir em dor abaixo das costelas do lado direito e também na zona correspondente nas costas, inflamação no trapézio direito, rugas, coloração amarelada da pele e da esclerótica do olho, pode ainda acarretar problemas de saúde como o colesterol, problemas menstruais, fadiga, cansaço, má digestão, dentre outros.

Como nossa alimentação e nutrição afetam o Fígado:

Os alimentos podem tanto nutrir quanto envenenar o fígado, por isso, cuidar o que come será a primeira medida para manter seu fígado saudável. Opte por uma alimentação o mais natural possível, livre de aditivos (corantes, adoçantes artificiais, etc.)

Além disso, é bom evitar:

  • Álcool;
  • Frituras;
  • Carne vermelha em excesso;
  • Alimentos pré-cozidos;
  • Lácteos em excesso;
  • Açúcar branco;

Os medicamentos alopáticos também podem afetar o fígado. Por isso é importante nunca auto medicar-se. Procure sempre a orientação de um médico antes de tomar qualquer medicamento.

Em contrapartida, os seguintes alimentos serão muito benéficos:

  • Suco ou Vinagre de maçã;
  • Suco de cenoura;
  • Alcachofra;
  • Raiz-forte;
  • Chicória;
  • Verduras de folha verde;
  • Alfafa germinada;
  • Uvas;
  • Brócolis;
  • Couve;

Consumir estes alimentos diariamente é muito importante, vale dizer que melhor seria que fossem orgânicos ou plantados por nós mesmos, para assegurar-nos da ausência de agrotóxicos e adubos químicos que intoxicam o fígado.

As plantas de sabor amargo jogam um papel especial no cuidado do fígado, pois ajudam a limpá-lo e a fazê-lo funcionar corretamente, porém, não abuse, pois a diferença entre o veneno e o remédio está na dose.

O fígado se regenera durante a madrugada, e por isso é bom jantar em pouca quantidade ou cedo, para que, pela noite, o fígado não tenha que estar digerindo a comida.

Como suplementos vitamínicos, são muito benéficas as vitaminas do Complexo B. Estas vitaminas diminuem as transaminases e tonificam o fígado. Podemos consumí-las em alimentos ou em suplemento vitamínico. Nesse caso, para ajudar na regeneração do fígado é bom tomar uma ou duas cápsulas de vitaminas do complexo B antes de dormir. Experimente!